Meu primeiro livro virtual

sábado, 21 de janeiro de 2012


O momento

É bem assim mesmo, senhora.
É este o momento mais certo,
infelizmente chegou o dia, a hora
e é melhor mesmo dizer adeus.
Um fica, o outro vai embora.
Mesmo que o amor nunca termine
e o desejo nunca se finde
e passem a ser nossos tormentos,
nos lembraremos dos momentos
nos quais o amor a tudo resistiria.
De uma coisa temos certeza:
Nenhum amor neste mundo
foi como o nosso vivido
e trouxe em si maior beleza.
Soubemos amar com destreza
e os nossos corpos bem explorar.
Mas o que soubemos de fato
foi conhecer as nossas almas
e em horas ruins e outras calmas
amamo-nos como ninguém amou.
E o que sobra de bonito nisto
é que nosso amor não acabou.
Se não foi possível neste mundo
na eternidade talvez possa ser.
Deus vê o nosso desprendimento
e quando chegar o momento
iremos para sempre conviver..
Enquanto isto você vai por ai
e eu sozinho, vou por aqui
E não precisa abaixar a cabeça
“pra não ver os teus olhos nos meus”


Hamilton Brito, grupo experimental AAL-ciadosblogueiros.blogspot.com, site aracatubaeregiao.com.br e academia virtual poética do Brasil

3 comentários:

Cidadão Araçatuba disse...

Excelente texto, parabéns! Passei também para cumprimentá-lo. Feliz aniversário, muita saúde e paz!
Grande Abraço!

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

O momento é de parabenizar pelo belo poema. Abraços.

PIMENTA E POESIA (Maria Tereza) disse...

"E o que sobra de bonito nisto é que o nosso amor não acabou."