Meu primeiro livro virtual

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Monomaníaco




Lendo o jornal O estado de São Paulo, encontrei um artigo: O horrendo culto da vaidade no facebook. Autor: Antonio Gonçalves Filho.
Fala sobre Mark Zucckerbeg, fundador do facebook sobre quem Fincher em A REDE SOCIAL, aponta como um hacker megalomaníaco e socialmente inadaptado.
Diz o artigo que há uma espécie de neurose afásica entre os jovens.
Neurose o que é.? Segundo definição clássica e simples é perturbação mental. De que tipo?
Do tipo que não compromete as funções essenciais da personalidade. Uai...
A coisa deve estar no afásica.
O que é afásica?
E está. Afasia é a impossibilidade, por lesão cerebral, de expressão pela escrita ou por sinais, ou de compreensão da fala ou da escrita.
Mas produz nos jovens, somente? Blogueiro jovem não se comunica pela escrita?
Bem, lendo os comentários que fazem dá até pra ficar desconfiado: Linnnndoooo! Você aaaaarraaasssooouuuu! Ameeeeiiiii! Você está bommmmmbannndddooooo!
O amigo ainda diz que o facebook lida com a ingenuidade narcisista de jovens que gastam, no mínimo 19 minutos por dia para se comunicar com “amigos” dos quais não sabem absolutamente nada.
Pegou o jovem para Cristo. E na faixa etária mais madura?
Ah! Ainda diz que postam inocentes revelações pessoais na ferramenta social e em poucos minutos todos estão dando palpite na vida do infeliz.
Já li que não deveria deixar meu filho ler o Pato Donald porque ela era machista e pregava a rebeldia....má que ! Também que o primo do Donald, o Gastão, era safado e desonesto e queria levar vantagem em tudo...aprendeu com o craque Gerson. Ou não?
Zucckerberg teria tido um delírio digital cuja conseqüência foi um bullying e que teria dado origem ao facebook. Falar em bullying me remete à Rita Lavoyer. Em nosso meio, ela é a autoridade a quem mais respeito. Por que facebbok, no caso do criador, nasceu de um bullying? Porque nele o cabrinha rouba dados de várias fontes, expõe a namorada que o rejeitou, reduz seus desafetos à condição de vacas leiteiras.
Cacete, e olha que gente muita fina me convidou para fazer parte deste “ trem”.;tem até secretario de cultura, acadêmica trocando informações e recadinhos na ferramenta.
Pó, o cara fala em taxonomia esquemática, que destrói reputações...numa cultura tecnológica. Taxonomia esquemática...tá certo!
Não me convidem mais. To fora.
E eu que achava esse “ tar “ de facebook uma curtição....quer saber, continuo achando.Adoro a fuxicaiada reinante mesmo lendo no artigo que tudo vira jogo nesse ambiente virtual de monomaníacos, que desperdiçam o tempo em conversas fúteis.
Alô alô monomaníaco Consolaro, monomaníaco Zé marcos Taveira, André Bernardes, monomaníacas Maria Rosa, Elaine...Ah! meu Deus...


Membro do grupo experimental da academia araçatubense de letras.

2 comentários:

Cidadão disse...

Tô na área!
Eu vi o filme, realmente o cara é muito doido!
Sabe quem é o sócio dele que também tomou um “tunga” e depois foi indenizado? Um brazuca, Eduardo Saverin!
O pior é que eu já entrei na onda do facebook, só que sou mais comedido. Não coloquei fotos ou disponibilizei muitas informações,aliás em termos de internet temos que “ser” assim, mas a “macacada” em geral (vejo pelo meu filho adolescente), já viu né!
Rapaz a flâmula é um sarro! O meu filho já me encheu o saco para tirá-la! Mas tô firme! Rs...
Obrigado pelo convite, aparecerei sim !
Abraço!

Sylvia Seny disse...

Meu lindo amigo, to passando para desejar Feliz niver! Parabéns pra Deus que nos deu você!
Sua amizade é algo raro, sincero, gostoso de lidar e de partilhar.
Você é uma pessoa maravilhosa Brito , alguém que não só passa na vida, mas fica. E que não dá pra esquecer seja lá em que cantinho do mundo estamos.

Tudo de melhor que existir, desejo á você, toda sorte de bençãos!

com muito carinho,
pequena, mas sempre amiga

Sylvia Seny