Meu primeiro livro virtual

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

VAI MESMO...


Por isso ou por aquilo

Te amando, te vejo distante.

Pensar em ti? todo instante.

Não podia mais ser assim.

Fazia tudo que você queria.

Não queria? não fazia também.

Os amigos...me gozando.

A famíla...só falando.

E você...me ignorando.

A barba, já não fazia.

Comer, eu não queria.

Trabalhar, eu já não ia.

Eu ia me fo...é, um dia.

Mas Deus que é nosso Senhor

Mostrou, po, não é amor...

Idiotice ou praga de madrinha!

Mas a minha, me amava.

Praga em mim? Ah! não jogava.

Então, que diabo é aquilo...

E o pior, no auge da festa

Puta coceira na testa.

Tive muita pena de mim...

E foi aí que a ficha caiu

Eu com pena de mim???

Vá pra puta que o pariu...

É hora de me mandar

Então, o momento aproveito

te falo do fundo do peito

Me despeço de você

Antes que eu me acabo

Te deixo o meu ADeus

E antes que esqueça

Vá pro meio do diabo





hamilton brito






Um comentário:

Sylvia Senny disse...

céus que revolta é essa! muito legal


shauauauuuuua