Meu primeiro livro virtual

quinta-feira, 31 de julho de 2008

HEIN! NÃO OUVI...




Não se trata de sim ou não

è uma coisa de cada vez

E nas questões de amor

pense sempre num talvez.


E por isso eu não concordo

com um ser intransigente

Sempre é possivel um acordo

E é melhor pra muita gente.


Neste caso de nós dois

Não te interessou conversar

E nosso amor nem quis salvar


Foi embora e se deu mal

Tua lição eu aprendi

Pedes agora perdão...héin!, nao ouvi.




autor Hamilton Brito

p

2 comentários:

Polêmica disse...

Deve ser bom ouvir a pessoa que nos magoou nos pedindo perdão! Deve ser melhor ainda perdoá-la!

Beijão!

HAMILTON BRITO... disse...

amiga, neste soneto, se eu perdoo, não dá rima hahahahah....quanto ao titulo CORAGEM é um recado com a sutileza de uma motoniveladora ( tem hifem?) para alguem que eu conheço e tenho estima